Portal Ateu: ante-estreia

Portal AteuQuero convidá-los para a ante-estreia do Portal Ateu, um novo sítio para a reflexão e divulgação do ateísmo em português. Esta é também a justificação para não ter escrito muito por aqui; foram 3 semanas de intensa actividade para colocar o portal no ar oficialmente a partir do próximo dia 1 de Fevereiro.

No Editorial de lançamento pode-se ler:

Eis, então, que três ateus resolveram apostar num projecto mais ambicioso, com objectivos bem demarcados e grandes perspectivas futuras, através da criação do Portal Ateu. Neste Portal haverá lugar à publicação de conteúdos com grande versatilidade e riqueza, seja através da participação de convidados especiais, seja com conceitos relativamente recentes, como a difusão de Podcasts, nos quais serão organizados debates e entrevistadas personalidades, públicas ou não, professantes de uma religião ou não, que possam de alguma forma contribuir de uma forma saudável para o esclarecimento das bases, fundamentos e aspectos vários do ateísmo.

Mais à frente consta o seguinte:

A intenção é clara: sempre de forma “open minded” e tolerante, com introdução de novos argumentos e perspectivas sempre com selecta qualidade, permitir que exista uma verdadeira “face” do ateísmo na Internet em Português.

Esperamos, claro está, conseguir atingir os objectivos propostos. Só o tempo o dirá, é certo, mas contamos com todos vós para fazer deste projecto ambicioso uma referência no ateísmo falado em português.

Partilha!

    2 comentários em “Portal Ateu: ante-estreia

    1. voces não passam de 3 estarolas estupidos e feitos de esterco de bode.Vão trabalhar…parasitas.

    2. Felizmente, saiu recentemente uma notícia nos meios de comunicação que demonstra claramente que a sociedade evoluiu um pouco: o Quitoso (sobejamente conhecido e usado desde tempos imemoriais) foi eliminado do mercado.
      Isto significa que os coitados dos piolhos e suas afins, as lêndeas, parasitas reconhecidos mundialmente, já não podem ser envenenados por essa via. Por isso, espero que não me equiparem a esses seres inferiores.
      Quanto à estarolice e ao esterco de caprinos, não me diz pessoalmente respeito, nem fazem parte tão pouco do meu ADN.
      No entanto, se o senhor Ricardo Vieira aprecia tais manjares (neste mundo há de tudo, não é?), está à vontade.
      Quanto a trabalhar, provavelmente faço-o mais e melhor do que muita gente que conheço. É uma questão de integridade e honestidade intelectual.
      Se quiser um bom psicólogo para acompanhar esses recalcamentos transformados em traumas profundos, também lhe posso recomendar um.
      Agradeço é que, no uso de toda a sua erudição e bons modos, não fale de quem não conhece.

      Bem haja!

      P.S.: a água benta ainda não foi reconhecida como desparasitante eficiente, pelo que lhe recomendo que não a beba. Aliás, sabe-se lá o que é que já andou pela santa pia que a costuma conter.

    Deixar uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *