Sá Carneiro

No prato do gira-discos girava, se bem me lembro, um disco de Alan Parsons Project. Era um dos vários que eu tinha comprado naquele dia com o dinheiro juntado na véspera, dia do meu 15º aniversário.

Da sala, o som dos lamentos e exclamações de incredibilidade dos meus pais chamaram-me a atenção. Cheguei junto deles a tempo de ouvir a confirmação na RTP; confirmava-se a morte do 1º Ministro Sá Carneiro. Com ele, morreram muitas das esperanças de uma geração que acreditava ser através dele que o país iria sobreviver às loucuras do Verão quente.

Faria hoje 72 anos se fosse vivo…

Infelizmente, o processo de averiguações sobre as causas da queda do avião que o vitimou é mais um exemplo de quão vergonhoso este país consegue ser. Acidente? Atentado? Pelos vistos, nem uma coisa nem outra, a julgar pelas conclusões oficiais!

Seja como fôr, foi pena…

Partilha!

    Um comentário em “Sá Carneiro

    1. Sim senhor, isto está muito giro! Espero é que dês continuidade a esta iniciativa…senão as papas deixarão de ser papas, transformam-se em cimento-cola na língua…
      Abraço

    Deixar uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *